Especialização: dicas para organizar a rotina de estudos

Você escolheu fazer uma especialização e agora precisa conciliar o trabalho com a rotina de estudos. Essa modalidade de curso pode durar até 18 meses. Não é pouco! E trabalhar e estudar ao mesmo tempo é sempre um desafio.

Separamos algumas dicas que podem ajudar você nessa jornada rumo ao conhecimento:

Planeje a sua semana

Planejar a semana pode ser muito importante para organizar suas tarefas e estudos. Anote o dia e o horário em que você terá, por exemplo, reuniões no trabalho, viagens de negócios, prazos que precisam ser cumpridos e compromissos familiares. Anote o tempo que você terá que se dedicar a cada uma dessas atividades.

A partir disso, você saberá quantas horas poderá reservar para comprimir o cronograma da especialização. Considere que você possa ter deslocamentos para fazer, aulas para assistir, livros para ler e trabalhos para entregar na semana.

Com organização e planejamento você diminui sua ansiedade e consegue dar conta de possíveis imprevistos. É claro que durante a semana as coisas podem mudar e outros compromissos podem surgir.

No entanto, essa é a única forma de você dar conta da sua especialização até o final. E, lembre-se, tenha uma agenda, pode ser de papel, eletrônica ou aplicativo para gerenciamento de tarefas. Anotar tudo em um único lugar é a melhor forma de se organizar.

Livre-se das interferências

Para quem trabalha e tem pouco tempo para estudar, o momento do estudo deve ser sagrado. Desligue a televisão, o celular e saia de todo o conteúdo da internet que não tenha a ver com o que você está estudando.

Se você não mora sozinho, avise as outras pessoas que você não pode ser interrompido. Exija silêncio e mantenha o foco no que você precisa fazer. Leve para o seu local de estudo apenas o que você vai precisar.

Faça mapas mentais coloridos

É muito importante escrever à mão os tópicos que você achou mais importante em uma leitura. Porém, você não deve escrever de forma aleatória ou, simplesmente, copiar trechos inteiros.

É bem mais interessante fazer mapas mentais e resumos. Abuse das cores para destacar palavras e esquemas com frases, setas, balões e “caixas de atenção”. Dessa forma, sua atenção será concentrada no que é relevante, ajudando a guardar e processar informações.

Priorize o estudo individual

Estudar em grupo pode ser ótimo para trocar informações e experiências. No entanto, esse método pode atrapalhar a concentração, por causa de conversas que surgem sem muita explicação e que não tem a ver com o tema estudado. Isso é natural que aconteça, mas, com certeza, atrapalha quem já tem pouco tempo para se dedicar aos estudos.

Outra forma de aproveitar o tempo sozinho para estudar, é agir como um professor, dando aula em voz alta sobre o tema estudado.

Faça periodicamente a revisão do conteúdo

A revisão do que foi estudado deve acontecer de forma contínua, porque de nada adianta revisar tudo depois que já se passaram meses e meses de aula. Reserve um dia da semana para revisar todo o conteúdo da semana e fazer alguns exercícios. Dessa forma, fica muito mais fácil de fixar o conteúdo.

Também é importante ter uma rotina diária de releitura do que foi ensinado em sala de aula. Você estará com todo o conteúdo ainda fresco na cabeça e terá condições de fixá-lo melhor. Não deixe para depois, o que você pode estudar hoje!

Gostou das nossas dicas? Acesse nossos outros conteúdos e saiba tudo sobre o mundo da pós-graduação:

Doutorado: tudo o que você precisa saber

Mestrado: conheça as principais características

Cursos de pós-graduação: saiba as diferenças

Saiba por que é importante fazer uma pós-graduação

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:
error

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSOS ARTIGOS POR EMAIL

Assine nossa newsletter