voltar_a_estudar

Não pare de estudar: veja como entrar na especialização

Há várias formas de ser um profissional atualizado. Você pode ler livros e artigos relacionados a sua área de atuação, aprender novos idiomas, assistir a palestras e participar de workshops. Além desse aprendizado informal, fazer uma especialização também é um caminho muito importante e que você precisa considerar e colocar no seu planejamento de carreira. Vale a pena até pesquisar formas de financiamento de estudos para não ficar para trás.

Uma especialização no currículo pode ser o diferencial que você precisa para ser promovido ou mudar de departamento na empresa onde você trabalha, ou até mesmo conseguir um emprego com uma remuneração melhor.

Fazer uma especialização é uma das maneiras de ficar atualizado mais bem vistas pelos recrutadores. Mas você sabe o que é uma especialização e o que deve ser feito para ingressar nesse tipo de curso?

O que é uma especialização?

A especialização é um tipo de pós-graduação lato sensu e é muito procurada por profissionais que querem se atualizar e capacitar para o mercado de trabalho em áreas específicas. As disciplinas da graduação são mais generalistas, enquanto a especialização enfatiza determinados conteúdos e habilidades.

É comum que esses cursos durem de 18 a 24 meses, chegando a 360 horas/aula. As aulas, geralmente, acontecem à noite durante a semana ou aos sábados, adequando-se à rotina de quem trabalha. As disciplinas são teóricas e práticas e o aluno faz provas, produz e apresenta trabalhos individuais e em grupo.

Esse tipo de curso é ideal para quem quer focar na parte mais prática da profissão. É um perfil diferente de quem busca cursos stricto sensu, como os mestrados e doutorados, e quer seguir carreira acadêmica voltada para a pesquisa e docência.

Não existe um tempo ideal de carreira para quem deseja fazer uma especialização. Algumas pessoas terminam a graduação e já entram na pós-graduação. Outros esperam alguns ou muitos anos para dar esse importante passo. Não há um tempo determinado, porém, é claro que a experiência profissional enriquece o networking e os debates durante o curso.

Como é o ingresso na especialização

Há apenas um pré-requisito para entrar na pós-graduação: é preciso ter diploma de graduação reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Um detalhe importante é que a graduação que você fez não precisa ser exatamente da mesma área da especialização. Não há problema algum se você se formou em engenharia e quer fazer a pós-graduação em Gestão de Pessoas ou Marketing, por exemplo.

A forma de ingresso em cursos de especialização pode variar de acordo com as regras de cada instituição. Porém, normalmente, há alguns critérios que sempre são considerados, como prova de conhecimentos gerais ou específicos, entrevista, análise de currículo e cartas de recomendação.

Como é o curso de especialização

Em uma especialização, as aulas teóricas podem ser bem parecidas com as aulas da graduação. Há apresentações, seminários, conferências, aulas expositivas, debates, trabalhos escritos e provas. No entanto, o aluno tem um pouco mais de liberdade para expor suas ideias e interferir no processo de ensino e aprendizagem. Também é exigida mais responsabilidade do estudante.

Em algumas áreas, como na saúde, as habilidades práticas podem ser mais exigidas do que as teóricas. Nesses casos, é preciso testar o que foi aprendido na sala de aula, além de aprimorar o conhecimento trazido da graduação.

Obtém o diploma quem tem frequência mínima de 75% nas aulas e apresenta uma monografia com tema relacionado ao que foi aprendido durante o curso. O aluno escolhe o tema e pede a um professor que seja seu orientador. Após a aprovação, você se torna um especialista.

A especialização pode conferir bastante prestígio para o profissional, mudando completamente os rumos da carreira. Ao contrário do que muita gente pensa, esse tipo de curso nada tem de inferior ao mestrado e doutorado. Apenas os objetivos de quem procura essas formações são diferentes.

Não pare de estudar!  Veja aqui como fazer o financiamento de estudos.

Saiba a opinião de quem financiou a pós-graduação e faça o seu financiamento de estudos.

 

Compartilhe:
error

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSOS ARTIGOS POR EMAIL

Assine nossa newsletter